Nos siga nas redes sociais

O Estrangeiro (Melhor filme de Jack Chan) – Crítica e Análise

Filme estrelado por Jack Chan e Pierce Brosnan lançado em novembro de 2017. “O Estrangeiro” é talvez o melhor filme já feito por Jack, diferente de qualquer outro filme dele, o personagem tem uma carga dramática muito forte, muito bem trabalhado, onde dessa fez o Kung FU e piadas não são o foco do personagem, o que já torna muito melhor do que a maioria.

Resultado de imagem para O Estrangeiro

Neste filme Chan representa um homem já de idade, imigrante na Inglaterra, viúvo e sua única família lá é sua amada filha, porém tudo acaba quando em um ato terrorista acontece e sua filha acaba morrendo, os autores deste ato se denominam como Ira Legitimo (grupo vindo da Irlanda, ao qual existiu anos antes porém foi encerrado devido a paz que se estabeleceu com a Inglaterra).

Resultado de imagem para O Estrangeiro

A partir da perda de sua filha, Chan vai em busca dos terroristas para se vingar, nesta busca ele encontra um oficial britânico ex-membro do Ira, este homem se torna o principal alvo. Neste momento o filme fica repleto de cenas de ação e luta, num jogo de gato e rato, onde cada vez mais se descobre sobre este grupo e o real motivo do atentado.

Cada vez o desenrolar da história te prende mais e o personagem do Chan vai se tornando cada vez mais incrível e destemido. Sempre estando a um passo a frente do Ex-integrante do Ira e também oficial britânico ( interpretado por Pierce Brosnan ).

Resultado de imagem para O Estrangeiro

O diferencial do filme está no fato de que boa parte do filme é na visão do personagem de Pirce, fazendo assim cada ação de Chan surpreendente, justamente pelo fato de você não acompanhar o que ele está fazendo e planejando. História segue nessas base e cada vez vai acrescentando mais personagens e mostrando que muitas vezes nada é o que parece ser.

Uma das coisas que mais chama atenção no filme é a espetacular atuação de Jack Chan, este é o filme mais sério que ele fez e que mostrou como ele realmente é um excelente ator, durante o filme é nítido o sofrimento do personagem dele, se torna real aquilo, ele consegue passar a dor do personagem e fazer assim que o espectador se emocione com aquilo.

Resultado de imagem para O Estrangeiro

Resumindo bem, este filme é mais do que recomendado e é muito triste que não tenha feito tanto sucesso. Sendo um filme com uma caracterização incrível, visual e enredo formidáveis, trazendo um Jack Chan  que nunca vimos antes, não tem como ser um filme ruim.

 

Nos ajude a espalhar o descontrole!

podcast

#6 – Entrevista com Vem Noobar Comigo

É isso mesmo! Nossos casters de elite estão aqui para conversar com a dona do canal Vem Noobar Comigo, falando sobre seu canal no YouTube, seus passos como desenvolvedora e muito mais!

Esse episódio, foi realmente fora da curva, onde foram vistos vários pontos de qual foi a experiência da Viih no mundo dos games, e ainda dando dicas de como manter um canal no YouTube, quais foram seus jogos e sua caminhada na criação de conteúdos.

Acesse o canal da Viih no YouTube clicando aqui

Quer apoiar a Viih? Acesse o PicPay dela clicando aqui

Canal da Viih na Twitch acesse aqui

Nos ajude a espalhar o descontrole!
Continue Lendo

Parceiros

Nos ajude a espalhar o descontrole!
Continue Lendo

podcast

#5 Apelido pra mais de metro

Neste episódio, estamos passando os limites razoáveis, e nossos casters de elite estão dividindo com vocês, quais eram os apelidos que eles recebiam, e inventavam para seus arquirrivais, e todos nós sabemos, como pré-adolescentes podiam ser nefastos, na arte de insultar, e claro, que muitos desses apelidos alguns levam pra toda vida, como cabeção da malhação que foi inspiração para muitos cabeções por esse “brasilzão” a fora.

Muitos dizem, que antigamente era a melhor época para se crescer. Muitos homens e mulheres foram formados, na pressão do bullying, ou no carinho amigável de apelidos, que poderiam ser usados para ressaltar uma característica sua positiva, ou muitas vezes, negativa. Quem nunca foi chamado de tampinha, ou para os mais altos, como “boneco de olinda”. Se tivesse um nariz um pouco mais avantajado, ja era chamado de pinóquio, ou era acusado de roubar todo oxigênio da sala.

Gostaria de deixar claro que nomes, idades e qualquer informação foram alteradas, e este episódio não é pra ser levado a sério, apenas um podcast sobre apelidos, e experiências com fim de comédia.

Caso tenha se sentido ofendido por qualquer palavra dita, pau no seu … ops, aháá te peguei, ainda ta lendo isso? É sério? Tá, você ganhou, você realmente é um leitor de primeira, mas vê se volta logo a ouvir o episódio, e se quiser dar uma opinião, e xingar muito no twitter, é só nos marcar no @castsemcontrole . Nosso facebook é @semcontrolecast

Quem diria que falar sobre apelidos renderia tantos minutos assim? Realmente essa galera precisa de terapia.

Nos ajude a espalhar o descontrole!
Continue Lendo

Em Alta

Todos os Direitos Reservados © 2021 SemControleCast