Nos siga nas redes sociais

Parasyte (Kiseijuu: Sei No Kakuritsu) – Anime – Review

Um anime com muita ação, história e vários mortos. Seu mangá também inspirou um dos Resident Evil. Contando com uma animação bem feita, trilha sonora e enredo envolvente, Parasyte tem tudo para ser seu próximo anime favorito.

A história pode parecer estranha mas é muito boa, confie. Aliens chegam a terra, eles são pequenos e parecem parasitas que se hospedam em humanos, sua ideia é dominar a cabeça para controlar o corpo e conviver entre os humanos.

Resultado de imagem para parasyte anime

Nossa história se foca em Shinichi Izumi um jovem estudante que ao ser atacado reage rápido, porém na manhã seguinte percebe que seu braço direito é na verdade agora um alien. Como o alien apenas tomou o braço, ele não pode tentar atacar o cérebro para não correr o risco de morrer, sendo assim, os dois são obrigados a coexistir, ao ver dos seus iguais Migi ( o alien parasita) é considerado um erro e perigoso, sendo assim para sobreviverem eles começam a lutar contra os demais aliens espalhados pela cidade.

Resultado de imagem para parasyte anime

Até ai “nenhum problema”, porém os parasitas que dominaram a cabeça, são obrigados a comerem humanos para se saciar sendo assim muitos mortos começaram a aparecer e todo um mover começou.

Parece tudo uma loucura, mas durante os episódios é tudo muito bem explicado, sem contar que as cenas de ação são muito boas e o crescimento do protagonista é fantástico, a carga emocional é bem distribuída, não apenas servindo como motivação, mas para mostrar como todos ali ficaram vulneráveis e como a sociedade estava prestes a entrar em colapso.

Resultado de imagem para parasyte anime

Resumindo bem, é muito bom, vale cada segundo gasto nele e muitas vezes ele te faz questionar o que é humano e o que não é. Prepare-se pra talvez chorar em algum ponto, se indignar em outros e se impressionar com todo o desenrolar da trama e no final se deleite com esta obra.

Resultado de imagem para assista online png botao

 

Nos ajude a espalhar o descontrole!

podcast

#6 – Entrevista com Vem Noobar Comigo

É isso mesmo! Nossos casters de elite estão aqui para conversar com a dona do canal Vem Noobar Comigo, falando sobre seu canal no YouTube, seus passos como desenvolvedora e muito mais!

Esse episódio, foi realmente fora da curva, onde foram vistos vários pontos de qual foi a experiência da Viih no mundo dos games, e ainda dando dicas de como manter um canal no YouTube, quais foram seus jogos e sua caminhada na criação de conteúdos.

Acesse o canal da Viih no YouTube clicando aqui

Quer apoiar a Viih? Acesse o PicPay dela clicando aqui

Canal da Viih na Twitch acesse aqui

Nos ajude a espalhar o descontrole!
Continue Lendo

Parceiros

Nos ajude a espalhar o descontrole!
Continue Lendo

podcast

#5 Apelido pra mais de metro

Neste episódio, estamos passando os limites razoáveis, e nossos casters de elite estão dividindo com vocês, quais eram os apelidos que eles recebiam, e inventavam para seus arquirrivais, e todos nós sabemos, como pré-adolescentes podiam ser nefastos, na arte de insultar, e claro, que muitos desses apelidos alguns levam pra toda vida, como cabeção da malhação que foi inspiração para muitos cabeções por esse “brasilzão” a fora.

Muitos dizem, que antigamente era a melhor época para se crescer. Muitos homens e mulheres foram formados, na pressão do bullying, ou no carinho amigável de apelidos, que poderiam ser usados para ressaltar uma característica sua positiva, ou muitas vezes, negativa. Quem nunca foi chamado de tampinha, ou para os mais altos, como “boneco de olinda”. Se tivesse um nariz um pouco mais avantajado, ja era chamado de pinóquio, ou era acusado de roubar todo oxigênio da sala.

Gostaria de deixar claro que nomes, idades e qualquer informação foram alteradas, e este episódio não é pra ser levado a sério, apenas um podcast sobre apelidos, e experiências com fim de comédia.

Caso tenha se sentido ofendido por qualquer palavra dita, pau no seu … ops, aháá te peguei, ainda ta lendo isso? É sério? Tá, você ganhou, você realmente é um leitor de primeira, mas vê se volta logo a ouvir o episódio, e se quiser dar uma opinião, e xingar muito no twitter, é só nos marcar no @castsemcontrole . Nosso facebook é @semcontrolecast

Quem diria que falar sobre apelidos renderia tantos minutos assim? Realmente essa galera precisa de terapia.

Nos ajude a espalhar o descontrole!
Continue Lendo

Em Alta

Todos os Direitos Reservados © 2021 SemControleCast